Água da torneira ou engarrafada

Água da torneira ou engarrafada? Diferença de custos é “surpreendente”

Água da torneira ou engarrafada

Há uma “surpreendente diferença de custos” entre a água da torneira ou a engarrafada, de acordo com a Selectra, que divulgou esta terça-feira uma comparação de preços entre ambas.

Afinal, quais são as diferenças?

“De acordo com os nossos dados, a água da torneira em Portugal é incrivelmente económica. Um litro de água da torneira custa, em média, apenas 0,0017€, tornando-a até 99% mais barata do que a água engarrafada”, explica a plataforma, em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

Esta diferença de custos é “notável”, em particular “quando consideramos o consumo médio de água de uma família ao longo do ano”.

LEIA TAMBÉM: COP 28: Águas de Portugal apresentou projetos estratégicos de sustentabilidade

Água da torneira

Além das vantagens para a carteira, a escolha da água da torneira tem também um impacto ambiental positivo:

“A produção, transporte e eliminação de garrafas de plástico utilizadas para a água engarrafada contribuem para a poluição de plástico e emissões de carbono. Em contraste, a água da torneira requer menos recursos e produz menos resíduos, tornando-a uma opção mais sustentável”, pode ler-se.

confira o nosso site

Fonte: Notícias minuto Portugal.

Conteúdos Relacionados

Pisão Alentejo Aldeia Barragem

Moradores de Pisão, no Alentejo, inquiridos sobre nova aldeia antes de avançar barragem

Os moradores e proprietários de casas e terrenos na aldeia de Pisão, concelho de Crato (Portalegre), estão a ser chamados a participar num inquérito sobre o futuro da nova povoação, a edificar no âmbito da construção da barragem. António Farinha, da Comissão da Pró-Associação de Residentes e Proprietários do Pisão, aldeia que está previsto ser submersa com a construção do Empreendimento de Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos (EAHFM) do Crato, explicou hoje à agência Lusa que este é o segundo inquérito à população desde que o projeto arrancou.

Leia mais »