Bruxelas Materiais Água Potável

Bruxelas define regras para materiais que entram em contacto com água potável

Bruxelas Materiais Água Potável

A Comissão Europeia aprovou hoje as regras mínimas para materiais e produtos que entrem em contacto com água potável. Isso impedirá o “crescimento microbiano” e reduz o “risco de lixiviação” de substâncias nocivas.

O objetivo: evitar o “crescimento microbiano” e limitar o “risco de lixiviação de substâncias nocivas para a água potável”.

Mas em comunicado, o executivo de Ursula von der Leyen anunciou a adoção destas regras básicas para todo e qualquer material que entre em contacto com água potável, aplicáveis a partir de 31 de dezembro de 2026 a “materiais e produtos utilizados em novas instalações ou na reparação e renovação de instalações mais antigas”.

Contudo estão incluídos materiais e produtos utilizados para a recolha, tratamento e distribuição de água. Ou, em contexto de reparação, tubagens de água, abastecimento, válvulas bombas, contadores de águas, acessórios e torneiras.

Bruxelas Materiais Água Potável

Então com estas regras a Comissão Europeia quer que nos 27 haja atenção ao tipo de materiais utilizados para transportar água potável e por onde passa, para evitar a contaminação da água que eventualmente vai ser consumida pelos cidadãos.

Em suma até hoje “havia pouca harmonização na UE e os produtores eram forçados a solicitar autorizações diferentes em cada Estado-membro”.

Mas esse trabalho vai ser simplificado com estas regras, argumenta a Comissão.

Fonte: GS.

Conteúdos Relacionados

Concurso Dessalinização Água Algarve

Lançado concurso para construção da Estação de Dessalinização de Água do Mar do Algarve

Foi publicado no dia 16 de Fevereiro em Diário da República o concurso para a conceção, construção e exploração do Sistema de Dessalinização de Água do Mar da região do Algarve, que terá como capacidade inicial de produção de 16 milhões de m3/ano de água, ficando a obra civil preparada para o aumento da capacidade para 24 milhões m3/ano. O preço base do concurso é de 90 milhões de euros e tem como prazo o final do ano de 2026.

Leia mais »
EDP Linha de Transmissão

EDP vende linha de transmissão no Brasil por 482 milhões

A EDP, através da sua subsidiária EDP Brasil, concluiu nesta terça-feira a venda à Edify Empreendimentos e Participações, uma sociedade gerida pela Actis, da linha de transmissão EDP Transmissão SP-MG, informou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Leia mais »